Omã anuncia corte de 20% em outubro

Omã anunciou aos seus compradores de petróleo bruto que iria reduzir o fornecimento em 20% em outubro, em resultado dos seus compromissos com a OPEP+, foi informado na sexta-feira por um representante do Ministério do Petróleo do país.

“A Omã notificou todos os compradores do seu petróleo sobre uma redução de cerca de 20% em outubro dos seus volumes contratuais de transporte marítimo e de fornecimento de petróleo, para continuar a cumprir os seus compromissos da OPEP+ para 100%”, disse o interlocutor da agência.

A fonte adiantou que o país em setembro continuará a reduzir a produção em 161.000 barris por dia.

Em 12 de abril, a OPEP e 10 produtores independentes (Azerbaijão, Bahrein, Brunei, Cazaquistão, Malásia, México, Omã, Rússia, Sudão e Sudão do Sul) anunciaram um novo corte de petróleo para estabilizar o mercado na sequência da queda dos preços devido ao excesso de oferta e ao impacto do coronavírus.

O plano previa ajustamentos descendentes em três fases: 9,7 milhões de barris por dia (mb/d) em maio e junho; 7,7 mb/d, nos seis meses seguintes; 5,8 mb/d, de 1 de janeiro de 2021 a 30 de abril de 2022.

Em 6 de junho, a aliança petrolífera concordou em alargar a redução da produção em 9,7 mb/d até ao final de julho.

Os membros da OPEP+ deverão fazer estes cortes em relação à Produção em outubro de 2018, com exceção da Arábia Saudita e da Rússia, que utilizariam como referência o nível de 11,0 mb/d.

vinh
Sem comentários
Posted in:
Economia
Comments
There are no comments yet.
Write a comment
Your comment
Name
Email